7 fobias estranhas que talvez você tenha


As fobias são um tipo de aversão ou medo psiconeurótico de objetos, seres ou situações particulares. O número de fobias possíveis é quase infinito. Os dicionários médicos já conseguiram identificar milhares desses medos. Os nomes das fobias são derivados da conjunção do nome grego que indica a coisa temida ao sufixo fobia. Em muitos casos, as fobias surgem de uma combinação de fatores externos (eventos traumáticos) e uma predisposição interna (fator genético).

Conheça algumas fobias que você pode ter e não sabia:

Alliumfobia – Medo de alho

Parece estranho alguém ter medo desse tempero mas é possível. Pessoas que ter esse transtorno evitam alimentos que contém alho e não conseguem nem suportar o cheiro do tempero. Com exceção dos humanos, vampiros parecem não gostar de alho também. No conto de Bram Stoker, Drácula,  o professor Abraham Van Helsing coloca alho no seu quarto para evitar a entrada dos chamados “espíritos maligos”. Alho também pode ser usado como repelente de mosquitos. Exitem evidências que mostram que o odor exalado por uma pessoa que comeu muito alho, afasta os mosquitos.

Didaskaleinofobia – Medo de ir para a escola

É uma aversão que afeta 5% da população. A fobia pode ser desencadeada por problemas de aprendizagem, inabilidade de lidar com a pressão do mundo acadêmico ou eventos traumáticos como ser vítima de bullying. Infelizmente, muitos educadores ainda não são treinados para identificar esse tipo de transtorno que pode acontecer com os estudantes.

Socerafobia – Medo de padastro ou madrasta

Consiste na constante apreensão, ansiedade e medo de interagir com padrasto ou madrasta. O problema pode ser causado pelos problemas relacionados à separação dos pais e o medo de não ser aceito pelo novo membro da família.


Pogonofobia – Medo de barbas

lgumas pessoas atribuem características negativas aos barbudos como falta de higiene ou falta de modos. Essa fobia atinge tanto mulheres quanto homens.

Eufobia – Medo de boas notícias

Sabemos que todo mundo gosta de ouvir uma boa notícia mas aqui está uma revelação chocante: existem pessoas que odeiam boas notícias. Uma pessoa que sofre de Eufobia envolve-se com percepções negativas ou pessimistas intencionalmente. A terapia comportamental pode ajudá-los a desenvolver a confiança e otimismo.

Hippopotomonstrosesquipedaliofobia / Sesquipedalofobia – Medo de palavras longas

O nome dessa fobia já é assustador por si mesmo. Temerosas experiências com vocabulário, concursos de ortografia durante a infância ou a dificuldade de memorizar ou processar mentalmente palavras multi silábicas são algumas das causas dessa fobia. Muitas pessoas desistiram do hábito da leitura por desenvolver parcialmente essa fobia.

Caligynephobia / Venustraphobia – Medo de mulheres bonitas

Algumas pessoas podem sofrer de um incessante medo, ansiedade, desconforto e até mesmo depressão quando entram em contato com mulheres bonitas. Isto pode resultar de um incidente traumático no passado, baixa auto-estima ou um complexo de inferioridade.


Avalie este Artigo?


Mais pra voce!